Sacarificação e fermentação simultâneas (SSF) em um biorreator

A produção de etanol a partir de material lignocelulósico (por exemplo, madeira) é um processo de duas fases: hidrólise enzimática para liberar o açúcar, seguida pela fermentação em si. Uma opção inteligente para economizar tempo e evitar a necessidade de comprar dois equipamentos é combinar ambas as etapas do processo em um sistema único conhecido como SSF (sacarificação e fermentação simultâneas, do inglês simultaneous saccharification and fermentation).

Mistura ideal de substratos diferentes

A produção de etanol a partir de material de partida lignocelulósico (por exemplo, madeira) é um processo de duas fases: hidrólise enzimática para liberar o açúcar, seguida pela fermentação em si. Uma opção inteligente para economizar tempo e evitar a necessidade de comprar dois equipamentos é combinar ambas as etapas do processo em um sistema único conhecido como SSF (sacarificação e fermentação simultâneas, do inglês simultaneous saccharification and fermentation).

Controle de temperatura para meios sensíveis que contêm sólidos

Um biorreator de SSF deve ter um motor potente, uma vez que essa é a única maneira de misturar completamente tanto um substrato altamente viscoso que contenha grandes quantidades de material seco, como a forma liquefeita que se origina após a hidrólise. Além disso, como as propriedades de mistura de sólidos podem variar muito, os clientes também podem escolher entre diversos agitadores.

Portas grandes para facilitar a adição de substratos

Às vezes, a adição de sólidos a biorreatores projetados para líquidos pode ser difícil. Por essa razão, biorreatores de SSF têm portas excepcionalmente grandes que possibilitam aos usuários a dispensação de sólidos no vaso de cultura com facilidade.

Análise do processo de hidrólise

O biorreator registra o torque do motor em tempo real, o que permite que os pesquisadores tirem conclusões sobre a viscosidade do meio de cultura e, consequentemente, sobre o progresso da hidrólise. Enquanto a viscosidade do substrato que contém sólidos é inicialmente alta, a hidrólise enzimática causará uma queda contínua até que o meio se torne líquido. Pesquisadores podem usar essa informação para determinar o tempo ideal para introduzir a levedura e iniciar a fermentação.

A rota eficiente para a produção de biocombustíveis

Ficamos felizes em orientá-lo
Capacidade VT
Notificação de torque do motor
Software de bioprocessos deseado

Observações
Oferta
Por favor, envie-me uma oferta

  ⃰ Campo obrigatório

A rota eficiente para a produção de biocombustíveis
Ficamos felizes em orientá-lo

Sua solução para hidrólise enzimática e fermentaçãol

Labfors 5

Labfors 5

Versão para bioprocessos enzimáticos e de substratos sólidos

  • Motor potente para uma mistura ideal

  • Porta de 40 mm para adição fácil de sólidos

  • Controle de temperatura preciso e suave

  • Notificação opcional de torque do motor

Techfors

Techfors

Biorreator piloto construído conforme as suas especificações

  • Vaso de aço inoxidável com volume total de até 1000 L

  • Seleção de diferentes agitadores, aspersores e portas

Isso também pode interessar você:

The Different Levels of Bioprocess Software: How They Address Specific User Requirements and Finding the Right One for You

Good Bioreactor Design: How It Creates An Outstanding User Experience

10 Things to Consider When Buying an In-Situ Sterilizable Bioreactor

Os biorreatores Labfors, com sua filosofia modular, nos proporciona uma flexibilidade enorme.
Prof. Dr. Christoph Herwig - Chefe de Engenharia Bioquímica, Vienna Technical University

«Este biorreator foi desenvolvido em estreita colaboração com pesquisadores. Portanto, chegamos a um nível de otimização que atende aos requisitos específicos de bioprocessos sólidos e enzimáticos.»

Simon Egli — Diretor de Vendas

Fale conosco


* Campo obrigatório